Sobre o mesmo assunto

Desenho original e dedicatória do paisagista durante sua primeira retrospectiva, em Londres, em 1982.

Desenho original e dedicatória de Roberto Burle Marx no livreto criado para a primeira retrospectiva do trabalho dele, chamada « Roberto Burle Marx, landscape architect, botanist and artist » na Royal College of Art em Londres em 1982. O documento vem com duas fotografias originais do artista, em preto e branco, do dia inauguração. Talvez para Antônio Olinto ? 24 páginas. Em inglês. 20 cm x 20 cm. Londres, 1982. Excelente estado. R$ 2.700.

Para (?) e Olinto a ternura e amizade de Roberto

Roberto Burle Marx (1909 – 1994) foi um arquiteto-paisagista brasileiro, renomado internacionalmente. Morou grande parte de sua vida no Rio de Janeiro, onde realizou seus principais trabalhos, embora sua empresa atuasse no mundo inteiro.

Roberto Burle Marx acompanhou sua mãe, desde muito pequeno, nos cuidados diários das flores e plantas da casa. Com oito anos, começou a sua própria coleção de plantas e o cultivo de mudas. Mais tarde, enquanto morava na Alemanha para tratar um problema de saúde, visitou diversas exposições (Picasso, Matisse, Klee e Van Gogh), o que o motivou a estudar pintura. Em Berlim, frequentou as estufas do Jardim Botânico, onde descobriu a flora brasileira. Quando voltou ao Brasil para cursar a universidade, fez amizade com futuros grandes nomes da arquitetura moderna brasileira, como Oscar Niemeyer.

Roberto Burle Marx desenvolveu um estilo de paisagismo com plantas e flores nativas do Brasil, fugindo do padrão « europeu » da época. Os desenhos de seus projetos lembram, muitas vezes, telas abstratas, onde tem recantos e caminhos no meio da vegetação. Em 1955 fundou a empresa Burle Marx & Cia, cujo objetivo era elaborar projetos de paisagismo de jardins residenciais e públicos.

Além de ter sido um dos maiores paisagistas do nosso século, Roberto Burle Marx foi também desenhista, ceramista, escultor, cantor e criador de jóias ! Detalhe interessante, Karl Marx era o primo de seu avô.

Por que esse documento é raro ?

O pequeno desenho original, em forma de dedicatória, completa este livreto raro criado para a primeira retrospectiva do genial paisagista. As duas fotografias originais – e em perfeito estado – de Burle Marx, no dia da inauguração, agregam ainda mais valor no conjunto.

♦ R$ 2.700 ♦