Sobre o mesmo assunto

Convidado para cantar no Copacabana Palace em 1963, o artista manda uma carta contando seu triunfo.

Carta de Maurice Chevalier para seus amigos franceses. Essa carta foi escrita em São Paulo, do hotel Jaraguá. Em francês. Uma página. 21 cm x 29 cm. São Paulo, o dia 14 de agosto de 1963. Bom estado. R$ 2.400.

(…) Você sabe que tivemos um sucesso extraordinário aqui no Rio de Janeiro e que aqui também, tivemos que negar pessoas. Eu escrevo para você – amanhã – de Buenos Aires.

O artista conta que o sucesso foi tão grande no Rio De Janeiro que ficou impossível receber todos os fãs (provavelmente no Copacabana Palace) ; o dia seguinte, ele foi cantar em Buenos Aires.

Maurice Chevalier (1888 – 1972) é um pilar da cultura francesa. Ator, cantor e humorista, ele escreveu muitas músicas famosas como « Louise », « Mimi » ou « Valentine ». Fez também uma carreira brilhante como ator, nos Estados-Unidos, onde foi nomeado para o Oscar para dois filmes : « The Love Parade » (1929) e « The Big Pond » (1930).

Por que esse documento é raro ?

Cárismatico, sedutor e famoso mundialmente, Maurice Chevalier é também conhecido por suas histórias de amor com estrelas da época, como Marlene Dietrich e Mistinguett. Na época que Maurice Chevalier veio no Brasil (aparentemente, a única vez), foi convidado para cantar na inauguração do « Golden Room » do Copacabana Palace. Ele era então um dos mais famosos cantores do mundo.

♦ R$ 2.400 ♦