Sobre o mesmo assunto

Menos de um ano antes de seu trágico acidente, a lenda brasileira da Fórmula 1 assina um autógrafo no aeroporto de Paris.

Autógrafo de Ayrton Senna para um fã, David Mette. Uma página, frente e verso. Em francês.  10 cm x 15 cm. Paris, 1-4 de julho de 1993. Excelente estado. R$ 2.400.

David Mette conta seu encontro com Ayrton Senna, no início de julho de 1993.

Como você encontrou Ayrton Senna ?

Eu não era um fã no verdadeiro sentido da palavra, mas admirava este grande piloto. Quando ele chegou ao aeroporto Charles de Gaulle, ele me concedeu essa assinatura na saída do avião, no Terminal 1 de Roissy, ele tinha viajado com a companhia brasileira e ia para o circuito de F1 francês. Na verdade, eu estava trabalhando no aeroporto, por isso eu podia acessar certas áreas restritas do aeroporto, foi assim que tive a chance de conhecer algumas celebridades. Tive sorte de me aproximar dele, porque ele estava com muita gente.

Qual lembrança você tem do piloto ?

Uma pessoa de grande gentileza e elegância. Ele estava vestido com uma calça e um casaco claros, talvez cor creme, e estava bronzeado.

O que aconteceu exatamente ?

Entreguei-lhe este cartão, um formulário preenchido por todos os passageiros estrangeiros que chegam ao aeroporto e solicitado pelas autoridades de imigração, porque eu não tinha nada mais que isso, e eu não tinha caneta. Ele respondeu positivamente ao meu pedido, parou a poucos metros da multidão, pousou sua mala e tirou uma caneta da sua pasta marrom !

Você conseguiu tirar uma foto com Senna ?

Infelizmente não consegui tirar fotos. Na época, não havia telefone celular, não tinha uma câmera comigo.

Por que você está vendendo esse autógrafo ?

Prefiro que este documento pertença a um verdadeiro apaixonado por Senna, talvez brasileiro, do que deixá-lo em uma gaveta.

Por que esse documento é raro ?

Os autógrafos autênticos de Ayrton Senna são muitos raros, ele morreu novo. Além disso, a maioria são falsos ou em estado ruim. Esse aqui está em perfeito estado, autenticado… e assinado menos de um ano antes do seu trágico acidente. O Grande Prêmio de 4 de julho ocorreu em Magny-Cours, foi seu grande rival Alain Prost que venceu a corrida, Senna ficando apenas em quarto lugar nessa última vinda dele para a França.

♦ R$ 2.400 ♦