Sobre o mesmo assunto

Desenho de moda do genial estilista, um vestido vermelho e verde para uma de suas próximas coleções.

Desenho de moda criado pelo estilista Yves Saint Laurent. Uma folha. Anotações em francês. 12.3 cm x 31.8 cm. Provavelmente em Paris, nos anos 1960 ou 1970. Excelente estado. R$ 3.500.

Quatro amostras de tecido e renda, além de anotações acompanham o desenho na frente :

croquis K – 106 – proposition I – Rouge – 104 – col 16 lione 47 – proposition 2 – vert – col 16 – liasse 47

No verso, está escrito :

Taffetas de satin ou (?) – dentelle (?) chantilly

Designer de talento, Yves Saint Laurent (1936 – 2008) assume a direção da Dior em 1957, aos 21 anos de idade, apenas dois anos depois de entrar na Casa Dior como assistente designer. Em 1958, sua coleção « trapézio » reinventa o vestido e é um grande sucesso.

Saint Laurent, em seguida, decidiu deixar a Dior em 1961 e fundou sua própria casa de alta costura. Suas coleções, primeiro para mulheres e para homens a partir de 1969, foram um sucesso imediato. Entre suas maiores inovações estão incluídos o smoking feminino atemporal, o trench coat e o terninho.

O costureiro diversificou mais tarde suas atividades, fazendo cenários e figurinos para teatro e cinema, perfumes e cosméticos de luxo, vendidos no mundo inteiro. Após a aquisição de sua companhia em 1999, pelo Grupo Gucci, o criador se aposenta no ano de 2002.

Por que esse documento é raro ?

Além dos traços característicos do estilista, esse desenho de um vestido inclui anotações – a maioria da própria mão de YSL – e amostras de tecido muito interessantes para entender o processo de criação na alta costura. Este exemplar, que é parte de um conjunto de quatro desenhos, foi adquirido em um leilão em Paris e pertencia a uma costureira que trabalhou com o estilista nos anos 1960 e 1970. A quase totalidade dos desenhos de Yves Saint Laurent estão conservados pela Fundação Pierre Bergé – Yves Saint Laurent.

♦ R$ 3.500 ♦