Sobre o mesmo assunto

Oito páginas do storyboard original do filme que revelou o autismo ao público, com o astro Tom Cruise.

Oito páginas do storyboard do filme Rainman, para a cena « do acidente ». Assinatura do artista James Hegedus. Desenhos e várias anotações, com caneta preta. 21.6 cm x 28 cm. 1987. Excelente estado. R$ 3.900.

Rainman é um clássico do cinema, premiado com quatro Oscar em 1989. Charlie Babbitt, um jovem empreendedor, viaja a um hospital psiquiátrico para descobrir quem é o beneficiário da fortuna que seu pai deixou, ao falecer. Charlie descobre que o beneficiário é Raymond, um irmão mais velho, autista, que ele não conhecia. Os dois viajam então pelos Estados Unidos, aprendendo a conviver apesar de várias dificuldades. Finalmente, muito preocupado por seu irmão, o dinheiro deixa de ser a prioridade para Charlie.

Um storyboard – uma sequência de quadrinhos – tem como finalidade marcar as principais passagens de uma história que será contada em um filme da forma mais próxima possível com a qual ela aparecerá na tela. Um bom storyboard deve passar o ritmo, o clima e as emoções das cenas. O processo de storyboarding, no formato em que é conhecido atualmente, foi desenvolvido pelo Walt Disney Studios no começo da década de 1930.

Por que esse documento é raro ?

Storyboards de grandes filmes são muito raros já que os diretores e atores costumam guardar esses documentos como lembranças dos seus trabalhos.

♦ R$ 3.900 ♦