O criador dos « apaixonados de Peynet », símbolo do romantismo a francesa, troca favores com um colega.

Carta escrita por Raymond Peynet. Em francês. Uma página. 13,4 cm x 20,7 cm. Brassac-Les-Mines, França, o dia 3 de março de 1944. Excelente estado, emoldurada com a reprodução de um desenho de Raymond Peynet.

Caro Senhor,

Aqui está o desenho. Eu o fiz simples e arejado, com um traço forte o suficiente para que sua impressão seja clara. Espero que lhe agrade (…)

A respeito do preço: eu gostaria, se for conveniente, de trocar meu desenho por uma encadernação. Naturalmente, vou enviar-lhe un chapeau de paille (…).

R. Peynet

Raymond Peynet (1908 – 1999) foi um desenhista francês, nascido em Paris, que criou em 1942 uma famosa obra mostrando um casal de namorados, « les amoureux de Peynet », que simboliza internacionalmente o romantismo à francesa, celebrando com muita poesia o amor, os namorados… valores e sentimentos talvez maltratados pela sociedade hoje em dia.

Os desenhos originais de Peynet são raríssimos e muito procurados por colecionadores do mundo inteiro, especialmente na Europa, nos Estados Unidos e no Japão. Existem quatro museus no mundo dedicados exclusivamente as obras de Raymond Peynet, dois na França e dois no Japão.

Por que esse documento é raro ?

Esta carta, escrita em 1944, em plena Segunda Guerra Mundial, tem um conteúdo muito interessante que nós permite entender a técnica do artista para criar seus desenhos e como ele trabalhava com seus parceiros ; neste caso, Raymond Peynet aceitou uma troca de favores, um desenho por uma encadernação. O artista menciona também um presente que vai mandar para o destinatário da carta, o livro « o chapeau de paille d’Italie », escrito pelo famoso autor francês Eugène Labiche, que Peynet ilustrou.