O Nobel de Medicina assinou o seu livro « a dupla hélice » que conta a história da descoberta do DNA.

Capa de « Die Doppel-Helix » (a Dupla Hélice), livro escrito e autografado pelo Preço Nobel de Medicina, James Watson, em 1968. Em alemão, 284 páginas, conta a história da descoberta da estrutura do DNA. 12.5 cm x 19.5 cm. Estado médio.

James Watson (nascido em 1928) é um geneticista norte-americano, um dos autores do « modelo de dupla hélice » para a estrutura da molécula de DNA. Em 1953, publicou um trabalho pioneiro na revista Nature e integrou a Universidade de Harvard para continuar suas pesquisas. Em 1962, recebeu o Nobel de Medicina, juntamente com Francis Crick e Maurice Wilkins pela descoberta da estrutura em dupla hélice da molécula do ácido desoxirribonucléico (ADN). Esse trabalho, fundamental, possibilitou a compreensão da transmissão da informação hereditária.

James Watson participou, também, do Projeto do Genoma Humano ; um esforço internacional para o mapeamento do genoma humano. A ambição era de descobrir a posição e a composição de cada gene, para melhorar o diagnóstico e a cura de muitas doenças. Iniciado em 1990, o projeto já alcançou resultados que estão facilitando o desenvolvimento de remédios muito mais eficientes e a compreensão de diversas doenças genéticas humanas.

Por que esse documento é raro ?

James Watson assinou excepcionalmente o livro em 1991, em Lindau na Alemanha, durante uma reunião de cientistas que ganharam o Nobel.