Sobre o mesmo assunto

Carta poética da polêmica pioneira do movimento feminista, para outra escritora engajada.

Carta manuscrita de Simone de Beauvoir para Marie-Jo Bonnet. Uma página. Em francês. 21 cm x 26.8 cm. Sem informação sobre a data e a localização. Excelente estado. R$ 900.

(…) Passeei muito, adoro esse país e as cigarras : dizem que elas morrem de tanto cantar o dia todo, é um canto de amor que as mata.

Simone de Beauvoir é uma das escritoras mais importantes da literatura francesa, lida e estudada nas universidades do mundo inteiro. Seu livro mais conhecido, O Segundo Sexo, é considerado a bíblia do feminismo contemporâneo. Apesar de ter sido criada de maneira muito religiosa por sua família, tornou-se ateia e desenvolveu, desde a adolescência, teorias vanguardistas e polêmicas (casamento, aborto, eutanásia, etc) a favor da liberdade e da autonomia das pessoas, especialmente das mulheres. Ficou também famosa por sua relação intelectual e amorosa com um outro imenso filósofo francês, Jean-Paul Sartre.

Marie-Jo Bonnet, historiadora de mulheres e destinatária dessa carta disse dela : « Quando encontrei Simone de Beauvoir em 1971 no MLF (Movimento de Libertação das Mulheres), ela fazia sonhar nossa geração. Ela era o exemplo mesmo da mulher livre que recusava casar e ter filhos, vivendo uma relação igualitária com Sartre. »

Por que esse documento é raro ?

Uma pequena carta simples, porém poética, de um monumento da literatura mundial.

♦ R$ 900 ♦