O político mineiro, Presidente e idealizador de Brasilia, assina este decreto oficial em 1960.

Decreto assinado por Juscelino Kubitschek ; nomeação de um substituto temporário para o diretor do Banco Do Brasil. Em português. Quatro páginas, apenas uma escrita. 22,5 cm x 33,5 cm. Brasília, o 16 de julho de 1960. Bom estado.

Conhecido como JK, foi prefeito de Belo Horizonte (1940 – 1945), governador de Minas Gerais (1951 – 1955), e presidente do Brasil (1956 – 1961). Organizou a construção da nova Capital Federal, Brasília, um antigo projeto com o objetivo de promover o desenvolvimento do interior do Brasil. Durante seu mandato, o Brasil viveu um período de bom desenvolvimento econômico e relativa estabilidade política.

Por que esse documento é raro ?

Inovador na sua forma de governar,  Juscelino Kubitschek (1902 – 1976) é considerado um dos melhores presidentes que o Brasil já teve, principalmente por suas realizações e pelo seu respeito às instituições democráticas. Em  2001, foi eleito o « Brasileiro do Século » pelo leitores da revista Isto É.